domingo, 20 de Novembro de 2011

Ideias para o Natal

Cá em casa já se começa a viver o Natal com muito entusiasmo.

E não será a crise nem os cortes no subsídio que irão diminuir a magia e a luz desta época festiva.

Nunca fui pessoa de dar presentes muito caros, e este ano tenho tentado planificar ainda melhor as compras para poder gastar o menos possível. Os tempos não estão para despesismos.

Não conto deixar de dar presentes, porque felizmente ainda me posso dar ao luxo de poder mimar as pessoas que me são mais próximas.

Acredito cada vez mais que existe um lado bom em relação à crise que estamos a atravessar.

A crise torna-nos não só mais lúcidos e conscienciosos do que é prioritário e do que é supérfluo, como nos convida a puxar mais pela nossa imaginação, a sermos mais criativos. A própria história tem-nos mostrado e ensinado que é nos tempos difíceis que surgem as melhores ideias.

Por isso, cá em casa, os preparativos para a maior parte dos presentes que irei oferecer, já estão em marcha. Alguns iniciaram-se ainda no Verão.

Gosto de fazer as coisas com tempo. Dedicar-me a elas com paixão. Pensar nos pequenos pormenores. Ensaiar experiências. Frustar-me com os erros e regozijar-me com os resultados que vou considerando felizes.

Os presentes que vou dar nada mais são do que um mimo.

E mimar é isso mesmo, um gesto de carinho e de amizade que não tem preço, nem precisa de muito espaço. Um rebuçado pode conter toda a generosidade, sinceridade e amor do mundo.

Podem não ser caros, requintados e elegantes os presentes que tenciono oferecer, mas são com toda a certeza os presentes que dão mais de mim aos outros.

Continuo a achar as ideias dos presentes caseiros e dos cabazes de Natal, ideias geniais.

Um cabaz de Natal é um presente útil que pode ser oferecido a título individual ou a uma família.

E para o encher basta uma grande dose de paciência e gosto, alguns dotes de culinária, umas horinhas na cozinha e uma pitada de muito amor.

Se ideias faltarem, no universo da blogosfera e fóruns há um sem número delas.

Salvo raríssimas excepções, não há quem não goste de miminhos comestíveis e caseirinhos.

E é a pensar já em alguns dos cabazes de Natal que irei dar, que comprei algumas latinhas para os rechear. Vi várias, comparei preços e optei por comprar as que encontrei mais baratas.


É certo que não são latinhas alusivas ao Natal, mas dificilmente conseguiria latas deste tamanho ao preço que as comprei (1 euro). Antes, procurei em vários sítios e comparei preços. Cada vez cedo menos a compras que não me convençam que são as melhores que podia ter feito. Mas tudo isto só é possível se começarmos a pensar nos presentes com tempo.

Em casa, reaproveitei material que já tinha e comprei aquele que achei necessário para transformar a primeira latinha.


Material usado:

- papel autocolante
- fita de cetim
- cola de papel
- cola-tudo
- cola glitter de várias cores
- feltro
- compasso
- estrelas de pano
- papel de embrulho
- cartolina
- tesoura simples
- tesoura com corte decorativo
- marcador

Preparação:

1) Cortei um rectângulo de papel autocolante vermelho e voltei a recortar com a tesoura decorativa. De seguida, tapei os desenhos da lata (só a tampa estava ilustrada).

2) Repeti o procedimento desta vez com papel de embrulho, utilizando um rectângulo mais pequeno. Com cola de papel fixei o papel sobre o primeiro.

3) Desenhei um molde de uma árvore de natal e recortei em feltro verde. Fixei o feltro sobre o papel de embrulho com umas gotinhas de cola-tudo. Por cima, colei a estrela de tecido.

5) Com um compasso, desenhei um círculo em cartolina vermelha e recortei com a tesoura decorativa. Escrevi a mensagem. Para dar um brilho extra, pus umas gotinhas de cola com glitter a toda a volta.

6) Para finalizar, coloquei uma fitinha de cetim à volta do corpo da lata.


E agora quem diz que a lata não é de Natal?

Uma ideia simples, fácil de executar e que resultou numa lata personalizada e a baixo custo.

Se, entretanto, a pessoa que recebeu a lata quiser ficar com uma latinha sem motivos natalícios, também é super fácil. Basta descolar o papel autocolante e passar um pouco de acetona ou álcool para retirar os restos de cola. Sem danificar, volta a ter a lata original e a poder dar-lhe o uso que entender.

Como disse, com tempo podemos planificar melhor os presentes que queremos dar e poupar dinheiro.

Escolhas criteriosas costumam quase sempre resultar em compras inteligentes.

Beijinhos e uma óptima semana.

16 comentários:

  1. É uma excelente ideia, e prendas personalizadas têm sempre mais valor :)

    ResponderEliminar
  2. Está super gira, parabéns!

    ResponderEliminar
  3. Gostei muito de ler o teu post, concordo inteiramente com as tuas palavras: em alturas de aperto surjem muitas vezes ideias inovadoras. Gostei também da latinha, para acrescentar ao cabaz faz mais sentido que tenha motivos natalícios, mas olha que se nao tivesse também ficava bonita. nao acredito que alguém vá descolar a tua decoracao, mas se se estragar com o tempo, fica na mesma com uma lata bem gira.

    Já tinha saudades das tuas ideas!
    Venham de lá mais...

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Foi uma óptima ideia!! Eu também sou a favor dos cabazes de Natal, acho uma ideia "original" para a familia e mostra o nosso carinho ao elaborá-la.

    Beijocas

    ResponderEliminar
  5. Olha que ideia tão gira e fofa!

    E feito com carinho tem valor muito mais acrescentado.

    Concordo com o que falas te em relação à crise: andamos mais atentos, menos desperdiçadores, mais criativos e por aí fora.

    Tem nos feito pensar nas prioridades!

    beijos
    Boa semana

    ResponderEliminar
  6. Eu concordo plenamente. Já há vários meses que venho fazendo os presentes de Natal para não andar à pressa à última da hora e porque gosto de me organizar. Por norma deixava tudo para o final e depois acabava por gastar mais do que pretendia. Este ano nada disso. Em tudo o que fiz depositei muito carinho. Por isso mesmo compreendo e valorizo muito este teu post.
    A caixa está um miminho!
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  7. Adoro Adoro Adoro !

    ResponderEliminar
  8. Em cada palavra deste post noto muita dedicação, quem receber estes miminhos vai notar também...
    Um beijinho enorme e muitos parabéns por tanta dedicação às pessoas que mais gostas;)

    ResponderEliminar
  9. Tambem penso assim como tu.
    Estou a fazer quase todas as prendas que vou dar, depois é só juntar masi um pequeno mimo e tenho as prendas uteis práticas e sem gastar muito.
    Bom resto de semana

    ResponderEliminar
  10. Que latinha tão linda. Que bom que é receber prendinhas assim únicas e cheias de carinho.

    Beijinho.

    ResponderEliminar

Obrigada pela visita e pelo vosso bilhetinho :)